bulet Dr. Zerbini, o mago do coração

drzerbiniEle fez medicina apenas por sugestão paterna, odiou o início da faculdade, quase desmaiou ao assistir a uma operação. Mas, graças à mania de ser sempre o primeiro aluno da classe, acabou se transformando em um dos pioneiros da cirurgia cardíaca em todo o mundo.

Fonte: Revista Super Interessante | junho 1993

bulet Prof. Dr. Euryclides de Jesus Zerbini

Pioneiro da cirurgia cardíaca no Brasil e do transplante cardíaco no mundo, o Professor Zerbini representou um raro exemplo de homem que merece ser chamado de benfeitor. Médico cirurgião e professor, ele viveu para promover a valorização da vida de seu semelhante. Além de desempenhar, com zelo e competência, seu nobre ofício de curar, Professor Zerbini desenvolveu novas tecnologias cirúrgicas que lhe permitiram criar as primeiras técnicas de operação do coração no Brasil, a despeito da escassez e da deficiência de recursos existentes à época (década de 1960).

Curar os desprovidos e os desamparados tornou-se sua bandeira. E a criação do Instituto do Coração, o grande sonho de sua vida. No caminho para a realização desse desejo visionário, contou com colaboradores fundamentais, entre eles o clínico Prof. Dr. Luiz Venere Décourt.

Em 10 de janeiro de 1977, o desejo visionário da criação de um grande centro de excelência em cardiologia e pneumologia se concretiza com a inauguração do InCor Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Em seguida, a visão criativa e corajosa do Professor Zerbini e de seus colaboradores abre uma nova fronteira. É criada a Fundação Zerbini, um modelo internacional de fundação de apoio de direito privado a hospital público universitário.

Biografia

Filho de Eugênio Hugo Zerbini e de Enerstina Teani, Euryclides de Jesus Zerbini nasceu na cidade de Guaratinguetá, Estado de São Paulo, em 7 de maio de 1912, sendo o caçula de sete irmãos.

Ainda garoto e morando em Campinas com seus pais, Zerbini freqüentou o Colégio Diocesano Santa Maria em 1927 e 1928, onde também estudou Luiz Venère Decourt. Já formado, em 24 de janeiro de 1949, o Professor casou-se com a Dra. Dirce Costa, médica formada na Faculdade de Medicina da USP em 1948. Seus filhos: Roberto, Eduardo e Ricardo.

Formação Acadêmica

Em dezembro de 1929, Zerbini mudou-se para São Paulo e em 1930 foi aprovado no Exame Vestibular da Faculdade de Medicina de São Paulo, sendo diplomado em 6 de dezembro de 1935.

Já formado em 1936, Zerbini iniciou suas atividades cirúrgicas no Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo na 17ª Enfermaria da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Em 1939, trabalhando no Hospital São Luiz Gonzaga da Santa Casa, passou a se dedicar à cirurgia torácica e pulmonar, o que o levou, em 26 de março de 1941, a defender a sua tese de Livre-Docência, cujo conteúdo dizia a respeito à colapsoteraia do pulmão afetado pela tuberculose.

 

site Referência Bibliográfica

site Exposição Zerbini: Homem, o Cirurgião, o Cientista – Publicação utilizada no Ciclo de Exposições do Centenário da Faculdade de Medicina- USP – Realizado pela Universidade de São Paulo, FMUSP, HCFMUSP, Instituto do Coração, Fundação Zerbini e Fundação Faculdade de Medicina.